Buscar
  • Saluti Cidadania

Primeiros passos na Itália

Atualizado: 23 de ago. de 2021



A obtenção da cidadania italiana é um procedimento abrangente, que demanda dedicação, organização e, especialmente, planejamento! Aqui compartilho algumas informações importantes a respeito dos primeiros passos para aqueles interessados em embarcar nessa jornada transformadora!

Investimentos iniciais


Inicialmente os investimentos são mais elevados, pois as empresas fornecedoras de insumos efetuam a cobrança de depósito caução, em torno de €60 em cada conta (água, luz e gás), além do valor consumido.

Apesar do consumo variar dependendo do usuário, é possível calcular em torno de €50 a cada bimestre nos períodos mais frios, para cada serviço.


Como economizar?

As cobranças costumam ocorrer a cada dois meses. Uma sugestão para economizar nessa fase é abrir uma conta bancária e colocar as contas em débito automático, um procedimento chamado domiciliazione. Com isso, todos os depósitos caução serão devolvidos antes do final dos contratos! Ainda, se o plano é fixar residência na Itália por tempo indeterminado, recomendo efetuar também a auto leitura do seu consumo, além de calcular qual valor cobrado por metro cúbico, de acordo com as informações constantes nos boletos, para negociar condições melhores com outros fornecedores.

Eu abri uma conta pelo sistema dos correios Poste Italiane, com custo mensal de €4 que permite colocar os boletos em domiciliazione e fornece um cartão de débito com recarga. O usuário pode utilizar qualquer agência dos correios como agência bancária, em toda Itália, além dos caixas automáticos para sacar dinheiro.


Outra vantagem, além do atendimento preferencial nas agências, é que é possível realizar o pagamento dos aluguéis e outras contas por meio da conta bancária, além de ser possível transferir dinheiro para essa conta por meio de TransferWise online, de forma totalmente segura e com taxas reduzidas. https://www.poste.it/

http://transferwise.com/




Dicas importantes


Além disso, recomendo comprar um chip de celular para que o oficial do comune possa fazer contato com você no decorrer do processo de reconhecimento de cidadania italiana, o que fica em torno de €15 por mês, podendo variar dependendo da operadora e do plano escolhido (dados, minutos para ligações, etc).


Relativamente às passagens aéreas, é recomendável comprar voos diretamente para Itália. Caso haja conexão em algum dos países que fazem parte do Acordo de Schengen, será necessário comparecer na Questura carimbar sua declaração de presença no ufficio immigrazione. A Questura é um órgão equivalente à Polícia Federal e fica na capital de cada província. Nesse procedimento não é possível agendar horário e geralmente o ufficio immigrazione é bastante movimentado, por atender todas as questões relacionadas com imigração. Por isso, voos diretos poupam tempo e despesas!


Aeroportos internacionais mais próximos da região norte: Milano Malpensa, Venezia Marco Polo, Guglielmo Marconi em Bologna e Verona Villafranca.

Importante: antes de escolher o imóvel para alugar, lembre de entrar em contato com o oficial do comune escolhido para verificar se existe disponibilidade para realizar seu processo no período em questão!



Obtenção do reconhecimento da cidadania italiana em resumo O processo é dividido em duas fases: (1) Primeiramente é preciso comprovar que está residindo na Itália por um certo período (inexiste previsão de lapso temporal exato), possibilitando, assim, (2) Solicitação do reconhecimento da cidadania italiana. Dessa forma, primeiro é solicitada a inscrição como residente do comune perante o ufficio anagrafe, sendo necessário aguardar a visita do vigile urbano para certificar a moradia (accertamento residenza). Após a inscrição como residente perante o ufficio anagrafe, é possível solicitar o reconhecimento da cidadania italiana perante o ufficio stato civile! Contrato de aluguel (contrato di affitto)


Considerar os valores envolvidos quando da formalização do contrato de aluguel:


- €65 taxa Agenzia delle’Entrate para registrar o contrato;

- depósito caução (normalmente equivalente a 3 meses de aluguel, devolvidos ao final do período);

- valor da primeira parcela do aluguel.


Os contratos são normalmente formalizados estabelecendo o prazo de aviso prévio de 3 meses quando da desocupação do imóvel (preavviso disdetta).


Com planejamento de curto, médio e longo prazo, além de disciplina, será uma jornada recompensadora, de muito aprendizado e desenvolvimento pessoal!



15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo